NEXTEL 92*173756 tibaguilherme@ig.com.br

24/07/2014

Guarda Municipal prende dupla suspeita de furto de fios em Sertãozinho

Publicado em 24/07/2014

A Guarda Civil Municipal de Sertãozinho, prendeu na madrugada de sábado (20), dois suspeitos de furtarem cabos elétricos na Avenida Egisto Sichieri.

De acordo com informações da GCM, uma equipe fazia ronda pela avenida quando surpreendeu um homem, tentando furtar os fios. “Intensificamos o patrulhamento pelo local, em determinado momento notamos que parte da iluminação apagou. Próximo aos postes apagados vimos o suspeito que tentou correr, mas acabou detido pelos guardas”, explicou Antônio Marcos Crescêncio, Inspetor da GCM.

Segundo a GCM, Tiago Rogério Petinece, 30 anos foi preso no local e confessou ser o autor dos furtos. Em depoimento ele disse que agia acompanhado de Marco Antonio da Silva, 39 anos, que também foi preso pela GCM. “Ele de pronto afirmou ser o responsável por furtar os cabos e acabou entregando o outro autor dos delitos”, disse.

Junto com o suspeito os guardas apreenderam uma faca, uma marreta e uma luva, materiais usados por ele para cortar e furtar os cabos elétricos. “Eles cortavam os fios e puxavam com a luva. Para realizar o processo os dois mostraram ter muito conhecimento, pois não é fácil arrancar o cabo”, explicou o Inspetor.

Na delegacia segundo os GCMs, os suspeitos confirmaram que vendiam os cabos para um depósito de sucatas em Sertãozinho. “Eles queimavam os fios e vendiam para um depósito. O dono já foi identificado e levado até a delegacia, posteriormente ele será investigado”.

Os dois homens foram presos por furto e levados para a Cadeia Pública de Jaboticabal.

Licitação

De acordo com o Secretário de Obras de Sertãozinho será necessária a abertura de uma licitação para repor os cabos furtados. 

“Dois tipos de cabos foram levados, de 16 e 35mm, o preço só em material gira torno de R$ 40 mil. Se somarmos a este valor, mão de obra e também reparos que serão feitos para instalar os novos fios, a licitação deve chegar a R$ 55 mil”, disse Carlos dos Anjos.

Câmeras

Após os furtos, a Prefeitura reforçou a segurança na região da Egisto Sichieri. Viaturas da GCM (Guarda Municipal) ampliaram o horário de ronda na avenida.

“Solicitamos para a Secretária de Meio Ambiente a poda de algumas árvores, isso vai ajudar na iluminação do local. O patrulhamento foi intensificado devido aos furtos”, explicou o secretário municipal de Segurança Pública, João Batista de Camargo Júnior.

Outra alternativa encontrada pela prefeitura é a instalação de câmeras de monitoramento, para tentar inibir a ação dos bandidos. “Iremos colocar quatro câmeras no local. Além disso, as caixas que dão acesso aos fios serão chumbadas”, disse Camargo.

Fonte: A Cidade
Comentários

Ação da GCM em praças de Boa Vista resulta da apreensão de motos e drogas


Publicado em 24/07/2014

Diante das inúmeras denúncias da população sobre a frequente comercialização de drogas em praças públicas de Boa Vista, a Guarda Civil Municipal e o Grupo Tático de Trânsito (GTT) realizaram, na noite dessa terça-feira (22), uma operação de combate ao tráfico de entorpecentes e fiscalização de veículos. A proposta, segundo um guarda civil, foi promover mais segurança à sociedade roraimense.

A ação, que ocorreu nas praças de Boa Vista situadas na zona Oeste da cidade, resultou na apreensão de meio quilo de substância química entre maconha, pasta base de cocaína e crack. De acordo com um guarda civil, o entorpecente foi encontrado no Parque Augusto Germano Sampaio, localizado no bairro Pintolândia. Ele informou que os suspeitos conseguiram fugir. Ninguém foi detido.

O guarda civil destacou que ações como esta serão realizadas com frequência, com o intuito de garantir a segurança da população. A operação foi realizada com apoio do Grupo Tático Municipal (GTAM), Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) e Ciclo Patrulha.

"Recebemos muitas denúncias de venda de drogas nas praças da cidade e isso causa insegurança aos usuários, que utilizam o espaço para passear e praticar exercícios. Nossa ideia é proporcionar bem-estar a sociedade, para que ela possa se divertir sem receio ou medo de que algo aconteça. Para isso, vamos continuar com estas operações", enfatizou o guarda.

Na operação também foram apreendidas pelo Grupo Tático de Trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito (GTT/Smtran) duas motocicletas com documento irregular. O agente de trânsito informou que a primeira apreensão ocorreu em uma praça no Conjunto Cidadão, zona Oeste da capital, onde o condutor estava com a documentação do veículo atrasada e sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A outra moto foi apreendida devido o motorista não conter a documentação do veículo. As duas motos foram levadas ao pátio da Smtran.

Fonte: G1
Comentários

Carro supostamente usado em crime é encontrado em Cerquilho pela GCM


Publicado em 24/07/2014

Um carro supostamente usado por ladrões na explosão de caixas automáticos em Jumirim (SP) foi localizado nesta quarta-feira (23) em Cerquilho (SP) pela Guarda Civil Municipal. O que chamou a atenção da guarda foi que no capô do carro estava escrito ‘BUM’, além do desenho de uma bomba.

De acordo com a GCM, o carro com placas de Nova Odessa (SP), foi roubado no último 1º de julho. Ele foi deixado no bairro Taquaral e havia suspeita de que explosivo tivesse dentro do veículo.O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e o local ficou isolado até a conclusão da vistoria. Os agentes não encontraram nenhum material no automóvel.

Crime em Jumirim

Na noite desta terça-feira (22), caixas automáticos de duas agências bancárias de Jumirim foram explodidos no Centro da cidade. Segundo informações da Polícia Militar, o grupo chegou em dois carros. Os suspeitos quebraram as portas de vidro das agências, que funcionam uma ao lado da outra, e explodiram os equipamentos de autoatendimento.

Na fuga, um policial rodoviário que fazia patrulhamento na altura do quilômetro 70 da rodovia Bento Antonio de Moraes (SP-101) foi baleado pelos suspeitos que estavam em um dos veículos usados na ação. O policial foi levado para o Hospital Regional de Sorocaba (SP) e passa bem. Até a manhã desta quarta-feira (23) ninguém havia sido preso.

A cidade têm aproximadamente três mil habitantes e conta com os serviços bancários das duas agências que foram danificadas.

Fonte: G1
Comentários

Guardas Municipais de Mogi pedem medida para conseguir porte de arma

Publicado em 24/07/2014.

A Associação dos Guardas Municipais de Mogi das Cruzes se reuniu com representantes da Prefeitura para pedir uma medida que autorize o porte de armas para os servidores.

A intenção é diminuir os casos de violência contra os profissionais, que cuidam da segurança de prédios e órgãos públicos. No Alto Tietê, apenas os guardas de Ferraz de Vasconcelos são armados.

Os guardas atuam na maior parte do tempo em propriedades municipais protegendo patrimônios com o objetivo de manter o funcionamento dos serviços oferecidos pela Prefeitura. Porém, os casos de violência contra esses profissionais têm preocupado a entidade que defende a categoria. Em junho, o Parque da Juventude, no Jardim dos Amarais, registrou o casa mais recente de agressão contra os servidores. Um guarda foi baleado quando chegava para trabalhar.

De acordo com a presidente da associação, Érica Branco, uma reunião foi feita recentemente com o Prefeito Marco Bertaiolli para pedir que a administração possa armar o efetivo. A Guarda Municipal de Mogi das Cruzes como a maioria dos servidores de outras cidades não é armada. Para Érica, isso traz insegurança para a corporação. Atualmente, Mogi das Cruzes conta com 190 trabalhadores. "Em muitos casos o guarda sozinho não tem poder de ação. Ele não consegue fazer a própria segurança. Imagina da população. Casos de agressão contra os profissionais não são raros", diz. "Tem guardas que trabalham sem cassetetes, com rádios com problemas como falta de bateria ou quebrados. Já pedidos solução para isso, mas até agora nada".

Enquanto uma resposta não é dada, alguns membros da entidade entraram na Justiça com um salvo-conduto para conseguirem o porte de arma. "O salvo-conduto é uma autorização do juiz que permite uma pessoa possa circular armada. A diferença é que quem se responsabiliza por qualquer problema é a pessoa, no caso o guarda. Com o porte de arma dado pela administração, essa responsabilidade se divide com a Prefeitura".

Nas ruas da cidade o assunto é polêmico. Para o aposentado Geraldo Aparecido da Silva a media é positiva. "Hoje em dia tem muito criminoso na rua e os guardas são praticamente policiais. Os criminosos andam super armados. Como os guardas vão se defender?", diz.

Já a dona de casa, Maria Aparecida Assis, não concorda com uma possível Guarda Municipal armada. "Com o sistema nervoso deles acho que podem fazer uma besteira. Acho perigoso. Temos a polícia para isso", afirma.

Outras cidades
Em Itaquaquecetuba, após uma liminar concedida em 2012, sete Guardas Municipais conseguiram o salvo-conduto. Os servidores receberam o direito de usar armas de fogo particulares de uso permitido dentro e fora do local de trabalho.

Porém, a cidade de Ferraz de Vasconcelos é a única que conta com todo o efetivo de Guardas Municipais armado. Em 2008, eles conseguiram a autorização pelo Ministério da Justiça. De acordo com o comandante da guarda do município, Cleverson Souza Ramos, a corporação conta com 94 guardas para proteger cerca de 90 estabelecimentos. "Hoje estamos melhores equipados para se defender, além de proteger os moradores".

Além das balas, o comandante explica que os servidores contam com coletes à prova de balas e também um canil. "O armamento e a estrutura são fundamentais para exercer a nossa função com responsabilidade. Com um bom treinamento somos capazes de fazer qualquer intervenção", declara.

Em nota, a Secretaria Municipal de Segurança informou que um documento que muda a lei atual e permite o armamento da guarda na cidade vai ser encaminhado à Câmara em agosto, na volta do recesso.

Sobre as críticas da Associação dos Guardas Municipais de que alguns equipamentos não funcionam e outros faltam, a Prefeitura disse que concluiu o processo licitatório para a compra de 44 novos rádios. Os aparelhos devem ser entregues em breve pela empresa vencedora. A administração ainda afirma que os profissionais usam armas não letais como spray de pimenta e cassetete.

Fonte: G1
Comentários

Guardas Municipais de Volta Redonda participam de avaliação psicológica






















Cento e noventa guardas municipais participaram de uma avaliação psicológica pela Polícia Federal (PF). Os agentes foram testados para saber se poderão renovar o porte de arma. Os testes foram realizados na segunda-feira e ontem no Colégio Delce Horta, no bairro Aterrado, pela equipe do psicólogo Salvador Juliano.

Segundo informou a assessoria de imprensa da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), foi uma exigência da Polícia Federal e deve ser feita a cada dois anos, onde será avaliado se os guardas continuam aptos para utilizarem arma de fogo. Informou ainda que, após esta etapa, os aprovados terão que passar por outra avaliação, que é feita através do exercício de tiro, também supervisionado pela Polícia Federal.

Segundo destacou o comandante da GMVR, o major Luiz Henrique Monteiro Barbosa, essas apreciações são importantes para que o guarda possa ter o seu porte de arma, após ter cumprido com todas as exigências da Polícia Federal.

Publicado em 24/07/2014.
Comentários

Inaugurado Centro de Formação da Guarda Civil de Aparecida de Goiania


23/07/2014.

Com o objetivo de ampliar a segurança do cidadão aparecidense, melhorar o ambiente de trabalho dos guardas municipais e reforçar a segurança do patrimônio público municipal, foi inaugurado, na manhã de ontem, o Centro de Estudo, Formação e Aperfeiçoamento da Guarda Civil, no setor Estrela do Sul. O espaço foi inaugurado pelo prefeito Maguito Vilela, acompanhado do secretário de Defesa Social e Guarda Civil, sargento Jonas Cachoeira.

“Essa é uma conquista que a guarda sempre buscou. Antes, nossa Guarda treinava no centro da Polícia Militar, agora temos nosso próprio espaço. Nos últimos anos, a guarda de Aparecida vem se destacando pelas suas conquistas e melhorias”, comemorou Maguito, lembrando a realização do concurso que dobrou o efetivo, a inauguração de cinco bases comunitárias e o treinamento dos guardas para porte legal de armas.

O bairro Estrela do Sul contava com uma base comunitária desde o ano passado. “Todas essas ações reforçam nosso compromisso com a população e com o patrimônio público, além de melhorar as condições de trabalho da nossa equipe”, acrescentou o prefeito. O espaço também é um centro esportivo e conta com sala de treinamento e campo.

O objetivo das bases comunitárias é manter uma relação de proximidade com os diretores das escolas, os funcionários das UBS’s e com a comunidade local, criando uma de rede de prevenção e combate à criminalidade no município e de proteção ao patrimônio público da cidade.

Para o sargento Cachoeira, desde 2009, os índices de depredação diminuíram significativamente. “De 2013 até hoje, a guarda realizou 137 prisões em flagrante, recuperou 64 veículos roubados, prendeu 24 foragidos da Justiça e atendeu a 324 ocorrências”, relatou o secretário.

Outra boa notícia dada pelo secretário foi a aprovação, na semana passada, em Brasília, do Projeto de Lei Complementar que dá aos Guardas Civis o poder de polícia. Quando questionado se o efetivo de Aparecida está preparado para essa nova fase, Sargento Cachoeira não hesitou.

“A guarda de Aparecida tem formação militar, passou por curso de tiro e manuseio de arma e tem contribuído ativamente para diminuir os índices de criminalidade da cidade, em parceria com as polícias Civil e Militar. Os dados positivos mostram que estamos preparados”, enfatizou.

O Centro de Formação possui um regimento interno parecido com o da Polícia Militar. Ao todo, 10 instrutores atuarão no espaço. “Todos possuem capacitação profissional adequada”, reiterou Cachoeira. Na ocasião, o coordenador do Cefa, coronel Antonimar Alves, entregou ao prefeito o regimento interno da unidade e uma camiseta da guarda municipal, que também foi entregue ao sargento Cachoeira, como forma de agradecimento.

O coordenador explicou ainda que a guarda trabalha no sentido de prevenção. “O espaço servirá para melhorar procedimentos operacionais e estreitar ainda mais nossa relação com a comunidade”, disse.

Também participaram da solenidade de inauguração do centro de formação, os secretários José Ribamar (Ação Social), Euler de Morais (Governo), Afonso Boaventura (Planejamento). Vilmar Mariano (Esporte), Jório Rios (Regulação Urbana), Fábio Camargo (Meio Ambiente) e os vereadores Gleison Flávio (PT do B), Marcone Marinho (PTB), Antônio Ribeiro (PRTB) e Elio Bom Sucesso (PTB).
Comentários

Redes sociais